Sábado, 26 de Julho de 2014 - Ano 6

Globo não libera Danielle Winits e diretor escala Camila Morgado para “Até Que a Sorte Nos Separe 2″

29 julho, 2013
Globo não libera Danielle Winits e diretor escala Camila Morgado para “Até Que a Sorte Nos Separe 2″

A sequência da comédia “Até Que a Sorte Nos Separe” tem uma mudança significativa no elenco. No lugar de Danielle Winits, que interpretou Jane no primeiro filme – a mulher do protagonista Tino (Leandro Hassum) –, Camila Morgado é quem assume o papel.

Comprometida com a novela da Globo “Amor à Vida”, Winits teve de abrir mão da personagem. “A gente adoraria fazer com a Danielle Winits. Tentamos de todas as maneiras até o último minuto adaptar o plano de filmagem, mas a novela não deu nenhum dia de filmagem. A gente nunca achou que eles seriam tão inflexíveis”, lamentou Roberto Santucci em entrevista a um grupo de jornalistas, do qual o UOL fez parte.

Na busca por uma nova atriz, Camila Morgado surgiu na ideia dos realizadores como uma “ótima opção”. A atriz, que interpretou Noêmia em “Avenida Brasil”, da Globo, conta que se inspirou no reality show da Band “Mulheres Ricas”, que acompanha a vida de mulheres extravagantes. A atriz transformou completamente seu visual ficando loira para viver Jane, uma “perua tentando ser rica”.

O diretor ainda incluiu na comédia uma cena com sátira ao filme “Olga”, referência da atuação de Morgado no cinema.

Convite inusitado
Para Camila, o convite para viver Jane no lugar de Winits foi “inusitado”. “Achei muito interessante, até por ser uma comédia. O filme tem uma pegada da família e era algo que eu não havia feito. Quando chegou o convite para mim, eu até falei: ‘Tem certeza? Estão falando com a atriz certa?’. Achei inusitado, um convite inesperado. Me pegou de surpresa”, admitiu.

Antes de atuar com Morgado, Leandro Hassum achou que a atriz fosse muito séria, mas logo mudou de opinião. “Achei que a Camila fosse seríssima, ela é uma bagaceira no melhor sentido da palavra, ela embarca em tudo o que eu falo”, brincou.

O clima dentro e fora do set é sempre de brincadeira, especialmente com Leandro Hassum, com quem Morgado contracena em grande parte do filme.
“Ele é um comediante, do improviso. Para quem está do lado, tem que estar sempre atento. Tudo no set pode acontecer”, disse a atriz.

O longa encaixou na agenda de Morgado, assim que voltar de Las Vegas, a atriz já tem compromisso com uma peça de teatro, um texto do dramaturgo Alcione Araújo, que deve estrear em outubro deste ano.

Do UOL, no Rio

Foto: Reprodução