Sábado, 16 de Fevereiro de 2019 - Ano 6

Pedro Sánchez: Nós nunca aceitaremos a autodeterminação da Catalunha

11 fevereiro, 2019
Pedro Sánchez: Nós nunca aceitaremos a autodeterminação da Catalunha

O primeiro-ministro, Pedro Sanchez, disse semana passada, que o único caminho “possível e razoável” na crise política catalã é o diálogo e a Constituição, e insistiu que ele nunca vai aceitar o direito à autodeterminação da Catalunha.

“Auto-determinação exigida pela independência catalã não se encaixa na Constituição e não nós nunca vai aceitar”, disse o primeiro-ministro em um comício eleitoral em Barakaldo (Bizkaia), que não tenha sido expressamente referida a quebra de a negociação com os separatistas catalães e as complicações no processamento dos orçamentos, após os vetos do PdeCat e do ERC.

Da EFE Barakaldo (Bizkaia)

Imagem de capa do primeiro-ministro e secretário-geral do PSOE, Pedro Sanchez, durante o seu discurso na apresentação da candidatura do socialista Alfredo Retortillo (d) para o município de Barakaldo Vizcaya. EFE