Terça-Feira, 21 de Novembro de 2017 - Ano 6

Especialista orienta sobre cuidados essenciais com a saúde masculina

13 novembro, 2017

Novembro chegou e com ele o movimento nacional pela saúde do homem. Assim como Outubro é dedicado ao alerta sobre a prevenção do câncer de mama e de colo de útero, agora é o mês de conscientização sobre o câncer de próstata.
Para reforçar não só a importância dos exames de toque retal e de antígeno prostático específico, mas da saúde do homem como um todo, conversamos com o urologista Felipe Hofmann Barbeta. Ele elencou alguns cuidados essenciais que devem ser tomados pelos homens, pois, além da genética, hábitos saudáveis e atenção preventiva com a saúde são fundamentais para a qualidade de vida masculina.

1- Pratique atividade física – os exercícios físicos têm papel primordial na saúde das pessoas, pois nos mantêm afastados de uma série de doenças. Além disso, se exercitar garante bom condicionamento cardiovascular e muscular. De quebra, eles aumentam a sensação de prazer e de satisfação. Para isso, entretanto, é preciso consultar um médico e verificar quais as atividades mais indicadas, para evitar possíveis lesões.

2- Tenha uma alimentação balanceada – cuidar com o que põe no prato também é fundamental para nos manter com a saúde em dia. O consumo diário de vitaminas, proteínas, sais minerais, gorduras e carboidratos deve ser equilibrado. Gorduras saturadas, bebidas alcoólicas e cigarros são inimigos da saúde do homem e devem ficar fora da rotina de quem quer ter uma vida longa e equilibrada.

3- Visite regularmente o médico – não adianta negar, os homens costumam fugir das visitas ao médico e só buscam ajuda quando já estão com algum problema e isso é extremamente prejudicial porque as doenças são diagnosticadas em estágio mais avançado. Por isso, é recomendado que a partir dos 18 anos o homem faça consultas anuais no clínico geral. Quando chegar aos 40 anos, a indicação é realizar check-ups gerais uma vez ao ano. Essa atitude pode prevenir várias doenças que afetam os homens de forma expressiva, como infarto, derrame e câncer.

4- Faça os exames de toque e PSA – não há motivos para os homens fugirem desses exames, que são indicados a partir dos 50 anos. Eles são essenciais para a detecção precoce do câncer de próstata – segundo tipo de câncer mais comum no homem. Porém, pacientes negros, com histórico familiar de câncer de próstata ou que estejam com algum sintoma geniturinário devem procurar o urologista aos 45 anos.

Se desejar mais informações ou entrevista com o Dr. Felipe, estou à disposição.

Atenciosamente, Talita Catie.
Presse Comunicação Empresarial
Fone: + 55 (47) 3041-2990 | 3035-5482

www.presse.inf.br | Facebook | Youtube | Linked In